Mostrar mais recentes

Hoje tive um lampejo e comprei fita dupla face para tirar o filtro de linha do chão

Vi vários tuítes sobre a Amazon vendendo “1984” na versão Kindle por R$ 0,25. Tem um quê de ironia e desconforto ler Orwell num dispositivo que monitora em tempo real até a página em você está e que, em 2009, apagou remotamente cópias do mesmo “1984” de milhares de Kindle.

Porém, aproveite? Melhor ler “1984” no Kindle que não ler, e por R$ 0,25 é difícil defender um boicote. De repente ao terminar o livro você decida jogar o Kindle fora 😄

Bonito o documentário da Bárbara Paz sobre o Babenco

O marketing da Gazeta do Povo espalha fake news para tentar vender assinatura. Isso não é "assunto proibido" nem tem a ver com "liberdade de expressão", é pura irresponsabilidade, além de um desrespeito enorme com os jornalistas sérios que sobraram lá.

Depois de meses de Samy Dana falando barbeiragens de todos os assuntos no Twitter, hoje o jogo virou e eu falei barbeiragens do assunto dele (economia) no podcast Guia Prático. No ar amanhã, nos melhores apps de podcast

Assustado com esta foto do Parque Barigui, onde acontece a vacinação em Curitiba. E isso que são só os profissionais da saúde recebendo vacina nesse momento; imagina quando for pra geral? Pegar COVID-19 na fila da vacina seria o cúmulo. (Foto: Rodolfo Buhrer/Reuters)

A apresentação dos números muda a percepção que se tem de dado evento. O vídeo do Signal teve 1,5 mil views até agora. Até aí, tudo bem. Mas o YouTube me mostra esse dado em HORAS. Já gastaram 78,4 horas vendo meu vídeo. Estranho que pessoas tenham gasto tanto tempo me vendo.

Se você não viu, quer aumentar esses números/meu estranhamento e aprender um pouco do Signal, siga por aqui: youtube.com/watch?v=glZiMUtip5

Muito bom trocar ideias com a galera do Vale do Silício (me bloqueou)

Amigos que manjam de programação e WordPress e que estejam a fim de me ajudar neste fim de semana, empaquei neste código no @manualdousuario (perdão desde já pelo inglês enrolado)

wordpress.org/support/topic/mu

Começou aquela época gostosa do ano de comer panetone bom comprado por menos de R$ 10 no mercado.

Pode ter sido só coincidência, ou reflexo de alguns acertos meus: neste comecinho de 2021, já vi alguns (no plural!) sites linkando o @manualdousuario. Quase me sinto em 2003. Por uma web saudável, feita de gente como a gente em vez de algoritmos opacos das big techs.

Parece até que, sem querer, Sérgio Buarque de Holanda descreveu em 1900 e bolinha o brasileiro de 2021 que em plena pandemia não sossega o facho no seu canto e, entre outros equívocos, crê que o coronavírus não circula entre parentes e/ou amigos.

Alguém aqui usa o Elementary OS como sistema principal? Tipo, pra tudo?

Hoje volto a publicar as edições semanais do @manualdousuario 😌 A primeira está recheada de assuntos interessantes: Open Banking, WhatsApp, redes sociais, escritório em casa, anunciante legal… e com layout (mais ou menos) novo.

manualdousuario.net/21-1/

Sessenta anos depois da publicação do livro da Carolina de Jesus, o Brasil continua um grande quarto de despejo

theintercept.com/2020/12/29/pl

Boa essa discussão sobre uma “classe média” de gente que ~faz coisas na internet~ (“criador de conteúdo” é uma denominação horrível). Desigualdade é ruim em qualquer sistema, e parece faltar vontade/sobrar interesses para promover mudanças sistêmicas

li.substack.com/p/building-the

Tendo que digitar no teclado do notebook por alguns dias, fico imaginando se me acostumaria novamente a isso. A ergonomia é tão pior que a de um teclado à parte.

Mostrar mais antigos

Sugestões de Rodrigo Ghedin:

Mastodon(te)

O masto.donte.com.br é uma instância moderada com um foco em usuários do Brasil, mas usuários de outros lugares (e outras línguas) são bem vindos. Discursos de ódio são proibidos. Usuários que não respeitem as regras serão silenciados ou suspensos, dependendo da severidade da violação.