Muito bom trocar ideias com a galera do Vale do Silício (me bloqueou)

Parece até que, sem querer, Sérgio Buarque de Holanda descreveu em 1900 e bolinha o brasileiro de 2021 que em plena pandemia não sossega o facho no seu canto e, entre outros equívocos, crê que o coronavírus não circula entre parentes e/ou amigos.

A interferência do Google na audiência dos sites às vezes é maluca. Ontem, vá saber por que, uma notinha de um assunto que todo mundo já tinha dado, a chegada da Directv Go ao Brasil, caiu nas graças do algoritmo e causou essa distorção nas estatísticas do @manualdousuario

O pessoal do jornalismo da PUC-PR me convidou, como representante do "mercado", para integrar a banca de um projeto de conclusão de curso — um podcast!

Finalmente descobri o que os professores conversam enquanto os alunos aguardam a nota 😄

Foi ótimo!

Um dos aprendizados mais importantes para quem lida com público é aceitar que, não importa o que você faça, sempre haverá pessoas satisfeitas e pessoas insatisfeitas com teu trabalho, e tudo bem que seja assim.

Uma fotinha minha do Passeio Público foi publicada na edição de hoje da newsletter O Expresso.

Aliás, O Expresso é leitura obrigatória (e de graça) para quem mora em ou se interessa por Curitiba: exp.re/rodrigoghedin

Novos casos de COVID-19 em Paranavaí (PR, ~80 mil habitantes). A prefeitura só divulga números absolutos; fiz o cálculo da média móvel para alertar parentes e amigos. (Se alguém quiser conferi-lo, o que seria ótimo, dá um toque.)

Fonte dos dados: coronavirus.paranavai.pr.gov.b

Ainda não atualizei o macOS, mas já fui atingido pelos novos ícones horrorosos do Big Sur.

Minha conversão de jovem dos computer para tiozinho que não sabe mexer nas tecnologias continua: não consegui ler os comentários da ao vivo. Fui lê-los agora. Adorei! (E ri bem do do PSOL, haha) Dá para ver o painel no link abaixo:

youtu.be/7KhTYIU9aQc?t=13090

Gosto de pensar que o curso do Jordan Belfort é uma meta-lição, que no final ele vira para a plateia e diz “…e isso, meus amigos, é um exemplo de como arrancar R$ 600 mil de 100 trouxas”, tipo o Seu Miyagi explorando mão de obra enquanto “ensina” caratê.

www1.folha.uol.com.br/mercado/

O brasileiro que ganhou uns trocados investindo o que sobrou do 13º em MGLU3 e achou que viraria o próximo Warren Buffett descobre a dura realidade no r/investimentos

A frustraçãozinha quando outro veículo consegue fazer a pauta que você tentou semanas atrás, sem sucesso. Pedi entrevistas a cinco ou seis empresas do tipo; nenhuma respondeu 🙃

A matéria da BBC: bbc.com/portuguese/brasil-5416

Menciona colunista preconceituoso 

Que parágrafo poderoso. "Cultura do cancelamento" é um problema, mas em grande medida foi instrumentalizado para virar bode expiatório de quem pisa na bola e não aguenta as consequências. Daqui: theintercept.com/2020/09/04/hi

Mostrar mais antigos

Sugestões de Rodrigo Ghedin:

Mastodon(te)

O masto.donte.com.br é uma instância moderada com um foco em usuários do Brasil, mas usuários de outros lugares (e outras línguas) são bem vindos. Discursos de ódio são proibidos. Usuários que não respeitem as regras serão silenciados ou suspensos, dependendo da severidade da violação.