Seguir

"Elitização da prática de ciclismo: reflexões sobre o branco rico arrombado que acha que é dono da ciclovia". Um artigo que ainda quero escrever.

@elmoneto Reflexões sobre como o lobby dos brancos ricos define o traçado das ciclovias, o que faz elas existirem em áreas de passeio, mas não contribuírem para a mobilidade urbana.

@Cochise @elmoneto esse era mais ou menos meu plano de mestrado, sobre como o ciclismo é tratado como hobby/lazer e não um modal de transporte

@galahyde @elmoneto Na minha cidade tem uma ciclofaixa que leva de nada a lugar nenhum, ao lado de uma pista de cooper. Agora pergunta se tem uma em qualquer das artérias de transporte ou paralela a estas.

@Cochise @elmoneto eu queria poder dizer que esse tipo de caso é exceção, mas todo mundo conhece uma ciclovia assim...

e as ciclovias em zig zag pra "prestar mais atenção"?

ou então curitiba que criou diversas ciclofaixas pela cidade, mas que só funcionavam aos domingos?

@elmoneto Um coisa interessante aqui na cidade de Pelotas é que a prática de ciclismo (como esporte mesmo) só ocorre em zona muito nobre porque tem trajeto completo e tudo mais bem organizado exclusivamente para eles. Enquanto o resto da cidade é composto por ciclovia do nada a lugar nenhum.

Se tu cruzar com eles no trajeto porque por algum acaso o trajeto não deixa de ser uma rua com comércio, precisa sair do caminho. Mesmo que tu estejas passando de bicicleta também.

Entre para participar dessa conversa
Mastodon(te)

O masto.donte.com.br é uma instância moderada com um foco em usuários do Brasil, mas usuários de outros lugares (e outras línguas) são bem vindos. Discursos de ódio são proibidos. Usuários que não respeitem as regras serão silenciados ou suspensos, dependendo da severidade da violação.