Villas Bôas e intervenção militar no Brasil 

Esse tuíte do Villas Bôas é café pequeno. E o Fachin agora finge indignação. Muito pior que isso foi o fato dele (Villas Bôas) ter "indicado" os generais "assessores" do Toffoli na presidência do STF em pleno período eleitoral e pós-eleitoral em 2018 (tanto o general Azevedo quanto o general Ajax).

Villas Bôas e intervenção militar no Brasil 

Pra que presidência do STF precisa ser tutelada por general do exército? E justamente no período eleitoral quando se movia todo o sistema judiciário brasileiro para garantir a vitória de Bolsonaro? Colocaram-nos lá com a desculpa de assessorarem em questões de segurança pública. Balela. Segurança pública não é competência das forças armadas. A não ser que estejamos em estado de exceção.

Villas Bôas e intervenção militar no Brasil 

Esses assessores influenciaram flagrantemente algumas decisões do STF, incluindo a suavização do Toffoli ao se referir ao período da ditadura militar.

www1.folha.uol.com.br/poder/20

comissaoarns.blogosfera.uol.co

Villas Bôas e intervenção militar no Brasil 

O Azevedo, que tinha sido nomeado no período eleitoral, fez o trabalho dele contribuindo para garantir as condições para que as eleições ocorressem do jeito como ocorreram. Como prêmio, assim como Moro, ganhou cargo de alto escalão no governo Bolsonaro tão logo a vitória deste foi confirmada. É o atual ministro da defesa.

noticias.uol.com.br/politica/u

Seguir

Villas Bôas e intervenção militar no Brasil 

Fingir indignação com tuíte do Villas Bôas está atrasado, é demagogo e é o de menos. O estrago é muito maior. Não foi só uma ameacinha. Já estava tudo controlado.

Entre para participar dessa conversa
Mastodon(te)

O masto.donte.com.br é uma instância moderada com um foco em usuários do Brasil, mas usuários de outros lugares (e outras línguas) são bem vindos. Discursos de ódio são proibidos. Usuários que não respeitem as regras serão silenciados ou suspensos, dependendo da severidade da violação.